A professora que coleciona alunos mutantes


A aluna me chamou e eu sentei ao lado dela. Com um olhar sereno ela disse que precisava compartilhar algo.
“Professora, eu saí da aula passada com muita raiva da senhora. Esbravejei muito e fui dormir inconformada com o que você nos pediu. Nosso projeto estava estruturado e bom, e mesmo assim você cobrou que fizéssemos mais?
Demorei um tempo para processar tudo isso, mas entendi o que você queria. 
Seu olhar é de longo prazo. Você não olha somente o cumprimento de tarefas acadêmicas, mas sim o mercado de trabalho e a construção de nosso portfólio. 
A senhora transforma toda atividade acadêmica em uma oportunidade para produzirmos com excelência um projeto para nosso portfólio.
Professora, não estamos acostumados com isso. Os outros professores estão preocupados com o cumprimento da tarefa e não com nossos portfólios.
Eu queria agradecer por ter nos pedido para ir além e desenvolver um olhar de longo prazo, pois todos nós queremos entrar no mercado de trabalho e precisamos de um bom portfólio.”

É por alunas mutantes como essa que eu continuo e acredito no que faço. Nem todos entendem meu objetivo e menos ainda conseguem transformar raiva em gratidão.

Eu respeito o sonho de meus alunos e se eu afrouxar as cobranças, este sonho não será alcançado.

Aquela aluna de fala encabulada e sorriso discreto, me olhou com respeito.
Valeu não desistir.


Ilustração de Erika Kuhn: https://br.pinterest.com/pin/438397344952386615/

Deixe seu comentário ou dúvidas. 

Comentários

  1. Sensacional!!!
    Qual a idade dessa aluna?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Maria,
      Era uma aluna universitária - Ela deve ter uns 20 e poucos anos.

      Excluir

Postar um comentário