Formação musical precoce

Formação musical precoce pode ajudar o desenvolvimento do cérebro das crianças, mesmo antes que se tornem capazes de andar ou falar, de acordo com o primeiro estudo de seu tipo.
Pesquisadores da Universidade McMaster, em Ontário, no Canadá demonstrou que com um ano de idade as crianças que participaram de aulas de música interativas com seus pais sorriram mais, comunicaram-se melhor e mostraram mais cedo respostas do cérebro mais sofisticados para a música.

Os resultados desta pesquisa apareceram nas revistas Developmental Science e Annals of the New York Academy of Sciences, e, envolveu um grupo de bebês e seus pais, que passaram seis meses participando de um dos dois tipos de ensino de música semanal.

Em uma aula de música, pais e bebês trabalharam juntos para aprender a tocar instrumentos de percussão e se revezam para cantar canções específicas. Nas outras classes, os bebês e seus pais brincaram em diversos postos de brinquedos, enquanto uma série de gravações com canções populares para bebês eram tocadas ao fundo.

"Os bebês que participaram das aulas de música interativas com seus pais mostraram sensibilidade à estrutura do tom na música", disse o co-autor Laurel Trainor

Por outro lado, "as crianças que participaram das classes passivas de escuta não apresentaram a mesmas preferências. Até mesmo seus cérebros responderam a música de forma diferente.

Crianças das classes musicais interativos mostraram respostas cerebrais maiores e / ou mais cedo a tons musicais”, acrescenta Trainor. "Muitos estudos anteriores de formação musical concentraram-se em crianças mais velhas. Nossos resultados sugerem que o cérebro infantil poderia ser particularmente plástico com relação à exposição ao musical”, concluiu.



Fonte: Press Tv


https://www.facebook.com/photo.php?fbid=424516197627613&set=a.333988396680394.77397.333898933356007&type=1&theater 

Comentários